Atualização em Dermatologia – Parte 3

compartilhar:
o autor

Formada pela UNIFESP, com título de especialista em Dermatologia e membro da SBD (Sociedade Brasileira de Dermatologia) e da AAD (American Academy of Dermatology), a Dra Érica Monteiro escreve regularmente para o Dermatologia.
informações de contato da Dra. Érica Monteiro

senhora.JPGPeelings Químicos

A empresa Italiana General Topics desenvolveu um dispositivo especial para aplicação de ácidos para fazer os “peelings químicos”. O aparelho chama-se ENERPEEL. Apresentaram um Simpósio onde explicaram a tecnologia. Os “peelings químicos” são um procedimento estético e/ou terapêutico que utiliza um ácido específico para estimular a esfoliação que leva ao rejuvenescimento da pele. A intensidade da esfoliação química de um ácido depende, principalmente, de duas variáveis: 1- nível de dissociação do próton 2- mobilidade do próton após ocorrer a dissociação (extensão do movimento). Nas soluções contidas no ENERPEEL os prótons dissociam-se com maior facilidade. Quando a solução é aplicada na pele e entra em contato com estruturas polares ( água, proteínas, desmossomas,..) o próton presente nela permite um “peeling” químico mais eficiente. O ENERPEEL tem dois aparelhos. 1- Dispofluid, onde com apenas 1 clique temos cerca de 0,25 ml suficientes para espalhar em 90 cm quadrados de pele. 2- Viscomagic é especialmente desenhado para aplicação dos ácidos em áreas sensíveis como pálpebras e perilabial. Os ácidos disponíveis são: ácido pirúvico, ATA 25%, ATA 40%, ácido salicílico com trietil citrato, ATA com ácido láctico, ácido láctico com pirúvico com acetilglucosamina, ATA com ácido láctico e com o ácido kójico e a solução de Jessner. Os palestrantes do simpósio destacaram que o aparecimento de aparelhos com tecnologia cara e sofisticada como os aparelhos de Laser, Luz pulsada, radiofreqüência, dentre outros, muitas vezes não dão um resultado melhor que o do “peeling” químico realizado por mãos experientes e com produtos de qualidade. Muitas vezes não se justifica fazer um tratamento mais caro que pode ter um resultado inferior ou igual a de um “peeling químico” .

Importante: Nas mãos de um médico que conheça bem a técnica de aplicação e com a escolha do ácido correto o “peeling químico” é uma excelente arma de tratamento de acne, manchas, linhas e rugas finas e de recuperação da pele envelhecida. Além disso, previne o aparecimento de lesões pré cancerosas.

Dra. Érica Monteiro

Dermatologista

tel:11- 50441064

www.dermatologia.com.br

o autor

Formada pela UNIFESP, com título de especialista em Dermatologia e membro da SBD (Sociedade Brasileira de Dermatologia) e da AAD (American Academy of Dermatology), a Dra Érica Monteiro escreve regularmente para o Dermatologia.
informações de contato da Dra. Érica Monteiro

Comentários

Aprovamos comentários em que o leitor expressa suas opiniões. Comentários que contenham termos vulgares e palavrões, ofensas, dados pessoais (e-mail, telefone, RG etc.) e links externos, ou que sejam ininteligíveis, serão excluídos. Erros de português não impedirão a publicação de um comentário.

11 Comentário

Allan Robson

Definitivamente os peeling promovem a esfoliação e renovação da pele, são conhecidos desde a antiguidade por Cleópatra, usados há muito tempo na dermatologia, é o procedimento garantido de melhora na aparência da pele, manchas, cicatrizes e com preço baixo(comparado aos lasers). Pesquisei sobre o assunto e li uma matéri onde dizia que era bom fazer o peeling de cristal (micropartículs de alumínio) antes de peelings químicos ou laser, pois melhoraria o resultado obtido.
é verdade?

Dra. Érica

Allan

isso pode ser verdade para vários casos, principalmente para acne e rejuvenescimento Mas deve ser evitado em pessoas com tendência à pigmentação.
Atenciosamente,
Dra. Érica Monteiro

Renata

Doutora Érica,

Estou fazendo um tratamento para retirar uma mancha no nariz. Eu creio que a adquiri mesmo passando muito filtro solar em um período que a pele ainda estava sensível por causa de peelings que eu tinha feito. Passado um ano a mancha não saiu, mas ficou menos castanha com a aplicação de hidroquinona, dai minha dermato recentemente aplicou Jessner e mandou aplicar retin micro A e ela piorou ficou horrivel, depois tentamos tirar com laser, ela queimou a mancha e a principio sumiu mas depois voltou metade da mancha. Fiquei pessima porque o tratamento de laser é caro e não surtiu efeito.
Agora anteontem ela fez ATA + Jessner, me garantiu que a mancha ia sair, assim espero…mas mesmo entrei na net para pesquisar, vi seu blog e resolvi pedir sua opinião!
Não discordo do tratamento que minha medica me dá, afinal já fiz vários tratamentos ótimos com ela, mas queria que a senhora fizesse um comentario sobre o tratamento, se em seu caso, indicaria o mesmo. Esta bem preta a casca neste momento e com certeza ate o fim de semana a casquinha cairá entao poderei ver o resultado que sendo bem sincera me assusta porque tenho a pele toda clara e embora tenha poros dilatados é um pele muito boa, já cuido a muito tempo e nunca descuido do filtro solar, que ja uso a dez anos todos os dias e sempre tem fator maior ou igual a 30, além de usar manipulaçao com vitamina C para hidratar, mas se eu ficar com essa mancha escura no nariz chamara muito atençao porque é muito mais escura que minha pele e bem na frente do nariz. Será que minha idade atrapalha na eliminação da mancha? O fato de eu ja ter feito rinoplastia poderia ter tornado a pele mais sensivel? (Fiz a uns 5 anos atrás) Estou com 32 anos, li que podem ser hormonios, é verdade isso?

Me ajude doutora, fico realmente deprimida com essa mancha.

Desde ja agradeço caso comente.

Parabens pelo blog

Renata

Dra. Érica Monteiro

Renata,
Não posso dar uma segunda opinião sem avaliar pessoalmente a sua pele. Dicas para uso de cosméticos, sabonetes, cuidados com a pele e mais informações podem ser encontradas no livro da Dra. Leslie Baumann “The Skin Type Solution” que classifica a pele em 16 Tipos. O livro já está disponível em português com o título “Pele Saudável”, pela editora Campus Elsevier. Veja no capítulo do seu tipo de pele todas as dicas. Siga as orientações do seu médico dermatologista e use o livro para tirar suas dúvidas.
Atenciosamente,

Dra. Érica Monteiro – Dermatologista

http://www.dermatologia.com.br

tel: 11- 50441064

Luzia

Hidroquinona e ácido kójico lareiam manchas rosadas e vermelhas de acne?

Maryana

Oiee Doutoraa

Eu tenho 17 anos e quando era mais nova tive muitos machucados na perna
e hj tenho muitas markas deles meia acastanahada !!

e nao uso rooupas curtas !!

tem algo q eu possa fazer para essas manchas sair ??

ou clarear !!

algum metodo caseiro ou algo ??

Obrigada !!

Hélia ribeiro machado

gostaria de fazer um comentário a respeito da minha pele que hoje co 43. anos manchou logo abaixo dos olhos mas bem pouquinho mesmo ; depois que tive um filho com 41. anos.

Hélia ribeiro machado

cont; gostaria mesmo de usar este tal acido kojico ou hidroquinona tem que usar os dois juntos ou separados??

emily

oi Dra. o meu braço começou a coçar, agora estar com uma mancha vermelha coça muito num sei mais eu acho q é uma impinge se for demora muito para sair?

Juliana

Dra Érica Monteiro.
Tenho a pele muito oleosa, com espinhas e cravos, há algum tempo vem aparecendo manchas, tenho tratado com formulas de acidos, essa simples mancha virou um melasma, gostaria de saber se há alguma tratamento eficas que resolva o problema das espinha e o melasma.

Elizaine

Olá Érica,
Sou um pouco descuidada e vivo me machuncando como tenho pele morena estou com mtas manchas nos cotovelos oriundas das minhas quedas de moto,e outras de queimaduras pois sou um desastre na cozinha, então queria saber se tem algum produto q possa usar para clarear, já usei hidroquinona 2% mas não resolveu, me ajuda 🙁 por favor!!!