Mitos de Beleza: Extraído do Skin type solution

compartilhar:
o autor

Formada pela UNIFESP, com título de especialista em Dermatologia e membro da SBD (Sociedade Brasileira de Dermatologia) e da AAD (American Academy of Dermatology), a Dra Érica Monteiro escreve regularmente para o Dermatologia.
informações de contato da Dra. Érica Monteiro

MITOS NOS CUIDADOS COM A PELE
Quando um paciente vai ao meu consultório, geralmente preciso “desprogramá-lo” sobre as informações incorretas que tem sobre os cuidados com a pele. Por exemplo, você cai em alguns desses mitos de beleza?

Mito 1: O modo de encontrar o produto adequado para cuidados com a sua pele é comprar vários produtos até encontrar aquele que funcionará em você (se você tiver sorte).
Na verdade, esse pensamento funciona muito bem para a indústria de cosméticos, mas não é bom para você – a menos que você tenha a felicidade de ter muito dinheiro, muito tempo disponível e vontade de testar tudo na sua pele. Apesar disso, esse é o modo que a maioria das pessoas utiliza para comprar produtos e escolher tratamentos para a pele. Sem saber o seu Tipo de Pele e indo diretamente às prateleiras onde esses produtos estão, você estará à mercê das propagandas e do marketing.
Neste livro, a Dra. Baumann desmistifica os produtos para a pele e faz com que você saiba o que vale a pena e o que não vale para as necessidades do seu Tipo de Pele – e o porquê. Devido ao modo como eles são regulamentados pelo FDA (Food And Drug Administration), as companhias de cosméticos não precisam comprovar as afirmações de qualquer atividade biológica. Se eles assim o fizerem, seus produtos serão regulamentados como drogas, necessitando de estudos clínicos caros para comprovar suas afirmações.* Em vez disso, eles expressam idéias vagas de marketing. Não espanta o fato de as pessoas ficarem confusas. Contudo, o dermatologista sabe mostrar os efeitos biológicos dos diferentes produtos, reduzindo os exageros.

*Nota: A Dra. Baumann e eu escrevemos um artigo para a revista inglesa Expert Review of Dermatology, intitulado “A Ciência por traz dos cosmecêuticos”, publicado em junho de 2006, que discute com profundidade e rigor científico esse assunto. Para mais informações, sugiro consultar o artigo. As referências são: The science of cosmeceuticals. Erica de O. Monteiro, Leslie S. Baumann. Expert Review of Dermatology, June 2006, vol. 1, n. 3, pp. 379-389.

Mito 2: Quanto mais caro o produto, melhor o resultado.
O que faz um creme para a pele custar tão caro? Não são os ingredientes do produto. Em vez disso, na maioria das vezes você está pagando muito mais pelo marketing e pela marca do produto. Na verdade, se amanhã alguém inventar o melhor creme do mundo, ele pode vender os direitos de comercialização para diferentes empresas que fabricam produtos para cuidados com a pele, e provavelmente a única diferença entre os diversos produtos que serão vendidos nas farmácias, lojas de departamento e edições especiais vendidas por dermatologistas** seria, se houvesse, a embalagem e o preço. No entanto, os cremes contidos nos potes poderiam ser praticamente idênticos. Algum dia eu gostaria de ver “produtos de primeiríssima linha” que realmente valham o custo extra porque são embalados com ingredientes que podem ter um resultado realmente diferenciado. Neste livro, você aprenderá quais produtos realmente trazem benefícios para o seu Tipo de Pele, sem “levar você à falência”.

**Nota: Nos Estados Unidos é permitido que o dermatologista venda produtos no seu consultório ou que tenha uma linha própria de produtos para cuidados com a pele que levem o seu nome. No Brasil isso não é permitido.

Mito 3: O alimento que eu como não afeta a minha pele.
Sua dieta causa impacto na sua pele e não há dúvidas de que fazer uma dieta com pouca gordura ou sem gordura poderá aumentar o ressecamento da pele. Estudos demonstraram que pacientes que utilizam drogas que diminuem as taxas de colesterol geralmente sofrem de pele seca. O colesterol realmente é uma parte importante da pele que a mantém hidratada.

Mito 4: Prestar atenção à minha pele é uma perda de tempo.
Se você tiver algum dos Tipos de Pele “fáceis”, sua rotina diária não requererá tratamentos com complexidade desnecessária. Além disso, um pequeno ajuste na sua pele poderá economizar o seu dinheiro e otimizar a sua pele futuramente. Por outro lado, se você tiver um Tipo de Pele problemático, tratar sua pele corretamente e prevenir problemas no futuro é absolutamente essencial. A maioria dos problemas de pele possui tratamento mais fácil quando iniciado precocemente que quando tardiamente. E, qualquer que seja sua idade, condição da pele ou Tipo de Pele, precocemente significa hoje.
Fonte: “The Skin Type Solution”, da dra. Leslie Baumann. Para saber seu Tipo de Pele recomendo consultar o livro original em inglês ou aguardar a tradução do mesmo que sairá pela editora Campus Elsevier ainda em 2007.

Adaptação: Dra. Érica Monteiro – Dermatologista

 www.dermatologia.com.br

tel:11-50441064

o autor

Formada pela UNIFESP, com título de especialista em Dermatologia e membro da SBD (Sociedade Brasileira de Dermatologia) e da AAD (American Academy of Dermatology), a Dra Érica Monteiro escreve regularmente para o Dermatologia.
informações de contato da Dra. Érica Monteiro

Comentários

Aprovamos comentários em que o leitor expressa suas opiniões. Comentários que contenham termos vulgares e palavrões, ofensas, dados pessoais (e-mail, telefone, RG etc.) e links externos, ou que sejam ininteligíveis, serão excluídos. Erros de português não impedirão a publicação de um comentário.

6 Comentário

Dra. Érica Monteiro

vvv

Renata

Drª Érica,
Qual o mais eficiente tipo de laser para tratamento de cicatrizes de acne na face? Tenho visto vários tipos de laser no mercado, mas ainda não consegui distinguir entre eles, o mais eficaz para um satisfatório resultado no tratamento, uma vez que as cicatrizes no rosto, geram um extremo desconforto em mim, e ainda colaboram tornando meu rosto com aspecto ainda mais envelhecido do que realmente ele é.Tenho 37 anos, e desejo muito me submeter a um tratamento à laser, por isso a minha pergunta.
Atenciosamente,
Renata.

Dra. Érica Monteiro

Prezada Renata,

o tratamento de cicatrizes de acne é bastante complexo e exige uma programação a longo prazo que inclui: conhecimento do tipo de pele, local das lesões, extensão das lesões, conhecimento dos antecedentes de cicatrização, tratamentos prévios, presença ou ausência de atividade das lesões atuais, natureza das cicatrizes (elevadas, deprimidas, distensíveis ou não). Dependendo dessa avaliação é feita uma programação de tratamento que inclui o tratamento clínico domiciliar (com medicamentos prescritos pelo dermatologista), tratamento em consultório que inclui: peelings químicos e físicos, dermoabrasão, preenchimentos e estimuladores dérmicos, laser ou luz pulsada. Os tratamentos são sempre a longo prazo e sempre utilizamos mais de uma técnica.
Atenciosamente,

Dra. Érica Monteiro – Dermatologista

tel:11-50441064

DULCE RODRIGUES

Dra. Érica Monteiro.
Tenho 38anos,gostaria de saber se tratamento da Rosácea,com metronidazol tópico e limeciclina ofereçe bons resultados. Atenciosamente Dulce

Dra. Érica Monteiro

Dulce, a rosácea é um quadro crônico. O metronidazol e a limeciclina são exemplos de drogas utilizadas no tratamento da rosácea. A limeciclina deve ser usada exclusivamente sob prescrição médica. A escolha da droga dependerá do Tipo de Pele e do grau da rosácea.
Atenciosamente,
Dra. Érica Monteiro – Dermatologista

tel:11- 50441064

DULCE RODRIGUES

Dra. Érica Monteiro ,agradeço sua atenção,pedi a sua opinião ,pois em consulta com um dermatologista a conduta que ele tomou foi as medicações que citei em pergunta anterior.Tenho pele branca e oleosa,gostaria de saber alguns cuidados que o paciente deve ter com este tipo de pele com rosácea.Obrigada !