O que é Herpes Zoster?

compartilhar:
o autor

Formada pela UNIFESP, com título de especialista em Dermatologia e membro da SBD (Sociedade Brasileira de Dermatologia) e da AAD (American Academy of Dermatology), a Dra Érica Monteiro escreve regularmente para o Dermatologia.
informações de contato da Dra. Érica Monteiro

No outro post falei sobre o herpes simples e hoje falarei sobre o herpes zoster.

O herpes zoster, popularmente conhecido como “cobreiro”, é uma doença causada pelo vírus Varicella-zoster, o mesmo vírus causador da varicela (catapora).

Após o paciente ter varicela (catapora) algumas pessoas não desenvolvem imunidade total ao vírus, e ele permanece latente no organismo. Quando o paciente fica com o sistema imunológico deficiente (baixa imunidade), ele encontra condições de se reativar e causa lesões na pele e nos nervos. A baixa imunidade pode ser decorrente de estresse, doenças infecciosas , doenças crônicas, dentre outros fatores. Atinge homens e mulheres, sendo mais frequente na idade adulta e nos idosos.

O herpes zoster é uma doença auto-limitada, tendo um ciclo evolutivo de cerca de 15 dias. Antes do aparecimento das lesões na pele, os pacientes frequentemente queixam de mal-estar, dor de cabeça, febre, dores nos nervos, ardência, queimação e coceira no local onde o herpes aparecerá. A lesão típica é composta por vesículas agrupadas (pequena bolhas) sobre uma área vermelhada na pele.

Surgem de modo gradual, levando 2 a 4 dias para se estabelecerem. As vesículas “secam” formando crostas e o quadro evolui para a cura em torno de 15 dias. As regiões mais comprometidas são o tronco, pescoço e rosto.

A erupção é ocorre em um lado do corpo, raramente ultrapassando a linha média, e segue o trajeto de um nervo.

O tratamento deve ser iniciado o mais rápido possível para evitar as sequelas que consistem em danos ao nervo comprometido, resultando na neuralgia pós-herpética.
Os medicamentos utilizados no tratamento do herpes zoster consistem em antivirais e remédios para aliviar a dor e o processo inflamatório. Devem ser receitados pelo médico dermatologista.
Dra. Érica Monteiro – Dermatologista

o autor

Formada pela UNIFESP, com título de especialista em Dermatologia e membro da SBD (Sociedade Brasileira de Dermatologia) e da AAD (American Academy of Dermatology), a Dra Érica Monteiro escreve regularmente para o Dermatologia.
informações de contato da Dra. Érica Monteiro

Comentários

Aprovamos comentários em que o leitor expressa suas opiniões. Comentários que contenham termos vulgares e palavrões, ofensas, dados pessoais (e-mail, telefone, RG etc.) e links externos, ou que sejam ininteligíveis, serão excluídos. Erros de português não impedirão a publicação de um comentário.